Blog

Para melhor entendermos o que proporciona a ação de um peeling vamos começar falando de sua definição:

 

Peeling consiste na abrasão química ou mecânica sob a superfície cutânea, ou seja, toda a vez que usamos um cosmético ou aparelho estético como o peelig de diamante, com movimentos e pressão sob a superfície da pele, estamos promovendo peeling. Essa abrasão pode resultar em uma descamação leve ou mais relevante dependendo do agente que se está manipulando.

 

Como todo o procedimento estético, o peeling deve ser cuidadosamente escolhido pela profissional para que o resultado seja adequado a necessidade de cada paciente.

 

Com o avanço da indústria cosmética, os produtos e os ativos proporcionam hoje aos profissionais da estética, resultados mais eficazes com menor dano. Com isso os protocolos de peeling tem se mostrado o preferido das esteticistas, biomédicas estetas, dermatos funcionais e profissionais que estão devidamente habilitadas para a aplicação deste tratamento.

 

A pele é um órgão inteligente, quando agredido seja por radiação solar, uso excessivo de cosméticos e protetores solares ou até mesmo a agressão por atrito, tem como uma das primeiras resposta ficar mais resistente ou mais engrossada, resultando na resistência cutânea.

 

Lembrando que os peelings são indicados para diminuir essa resistência cutânea e são essenciais para o sucesso de muitos tratamentos estéticos invasivos ou não.

 

MAS, QUAIS SÃO AS CLASSIFICAÇÕES DOS PEELINGS?

 

Os peelings são classificados de acordo com a permeação alcançada nas camadas dérmicas da pele:

 

1. Os peelings mais superficiais são os peelings mecânicos que agem no extrato córnea, camada superficial da pele, aquela que está exposta. Os superficiais agem na epiderme e apresentam moléculas maiores que ficam agindo por algum tempo.

 

2. Já os peelings médios são realizados por médicos, pois atuam na derme papilar. A derme papilar é a camada mais profunda da pele, ali se encontram receptores celulares importantes que desencadeiam processos alérgicos, logo só a área medica pode administrar fármacos para esses processos alérgicos agudos.

 

3. Assim como os peelings profundos, que devem ser feitos em local adequado e com cuidados administrados pelo uso de medicamentos adjuvantes, que agem junto e mais rápido no caso de complicações.

 

Para melhor oferecer resultados para suas clientes, você profissional, deve escolher produtos de renome no mercado com suas devidas certificações e com garantias de ph e estabilidade. Trabalhamos com a saúde da pele e a autoestima de pessoas, nos comprometemos com cada cliente para zelar por sua segurança e bem-estar.

 

Por Ticiane Troller, Esteticista, Dermoconsultora e Bacharelanda em Biomedicina. Master em Peelings Internacionais com diversas especializações em cursos da área facial, Instrutora Facial na Escola Belart e Responsável técnica na loja D&D Estética e Saúde.

Voltar


Entre para nossa lista VIP e fique por dentro das novidades da @belartescola