Blog

Vamos falar desses ativos amigos das nossas células, que nos ajudam a proporcionar à nossas clientes a melhora da pele e a prevenção de linhas aparentes. Aqui, irei falar sobre os ativos encontrados em maior abundancia nas linhas de cosméticos do mercado, já ao que abrange questões hormonais e que implicam na degradação celular (envelhecimento da pele) será assunto para um outro artigo do blog. Vamos lá?

 

Oxidar é envelhecer! Essa afirmação é verdadeira, mas não definitiva. Vamos começar nossa conversa deixando algumas definições estabelecidas.

 

Radicais livres: moléculas que apresentam elétrons desagregados, ou seja, deixam livre um elétron solto para se ligar a qualquer outro que esteja passeando em torno dele, estes presentes na cadeia de moléculas que estão na poluição (fumo), luzes visíveis (UVA/UVB/Celulares) e agentes químicos (herbicidas).

 

Anti radicais livres ou antioxidantes: elétrons que se ligam no elétron solto lá no final da cadeia e vão interromper a degradação daquela célula.

 

De maneira tópica, podemos diminuir a agressão que os radicais livres desencadeiam nas células e dificultam os tratamentos estéticos. Sim dificultam!  Uma pele devidamente protegida proporciona melhores resultados em cabine. Todos os ativos aqui descritos são indicados para uso também em home care e para todos os tipos de pele.

 

Vitamina A: responsável direta pela reparação do DNA por ter receptores específicos na membrana celular o que facilita seu reconhecimento e sua permeação. Como é rapidamente absorvida, mantem a pele flexível e macia, forma uma barreira melhorando a hidratação, mantendo a água na pele.

 

Vitamina E: com receptores na membrana células a vitamina E é um importante protetor e sinalizador celular. Sua função antioxidante se dá por neutralizar a ação dos radicais livres e age diretamente na enzima que degrada o colágeno (colagenase).

 

Coenzima Q10: antioxidante encontrado em todas as células do corpo humano e é responsável na produção de energia, tem como função produzir protetores contra o stress oxidativo (envelhecimento) pela absorção de radiação UVA e luzes visíveis.

 

Resveratrol: ativo Gaúcho com certeza, protetora das células, codifica uma família de genes (SIRT1) que codificam e reparam o DNA, isto é, aumentam a vida dos telomêros (última porção do DNA que quebra com o passar dos anos e nos envelhece). Aumenta a proliferação celular e diminui edemas quando usado antes da exposição solar.

 

Esses são alguns ativos queridinhos da bancada de muitas profissionais da área da estética, encontre o seu preferido e bom trabalho.

 

Por Ticiane Troller, Esteticista, Dermoconsultora e Bacharelanda em Biomedicina. Master em Peelings Internacionais com diversas especializações em cursos da área facial, Instrutora Facial na Escola Belart e Responsável técnica na loja D&D Estética e Saúde.

Voltar


Entre para nossa lista VIP e fique por dentro das novidades da @belartescola